INDIQUE A UM AMIGO   ADICIONE AOS FAVORITOS

Av. Com. Luciano Guidotti, 354 - Higienópolis - Piracicaba/SP - Brasil (CEP 13417-370)
FONE: (0xx19) 3301-7915 / FAX: (0xx19) 3301-7916

"Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor" (Oséias 6:3)
Depois do último “Tufão”, qual vento tempestuoso está por chegar ?
Avaliação do Usuário: / 12
PiorMelhor 
Escrito por saulo   
Seg, 22 de Outubro de 2012 22:04

Dizer que os brasileiros são apaixonados por novela, isto não é novidade alguma, aliás, diga-se de passagem, o Brasil tem se tornado celeiro em dramaturgia televisa; contudo, estou bastante surpreso com a notoriedade que a última novela global teve em nossa sociedade, mais precisamente e infelizmente no meio evangélico.
Atento a rádio carioca Melodia nesta manhã, ouvi de um comentarista participante, que na cidade do Rio de Janeiro, na última sexta-feira, muitas igrejas ficaram desfalcadas de membros, por causa da apresentação do último capítulo da novela “Avenida Brasil”, do autor João Emanuel Carneiro.

Segundo a jornalista Mônica Bergamo, colunista do Jornal Folha de São Paulo, em artigo publicado no dia 15/10/12, a presidente Dilma Rousseff foi convencida pela coordenação da campanha de Fernando Haddad (PT-SP) a mudar a data do comício em São Paulo, em que ela apareceria ao seu lado, tendo em vista que o evento ocorreria no mesmo dia e horário do capítulo final da novela "Avenida Brasil", da TV Globo. “A conclusão é que não haveria ninguém no comício já que a maioria das pessoas ficaria em casa para ver o desfecho da trama em vez de prestigiar a presidente.”
Penso que isto tudo é mais sério do que possamos imaginar, diria um grande alerta para todos nós, pois algo aparentemente simples teve o poder de exercer extrema influência sobre a agenda da maior autoridade do nosso país.
Minha grande pergunta é: será que isto tem sido saudável às nossas vidas, e até que ponto devemos radicalizar, não mais assistindo-a, mesmo sendo um meio de entretenimento barato e rápido ?
Nunca fui contra novelas, e até mesmo assistia-as eventualmente, contudo vejo que estamos chegando a uma situação tão preocupante com a qualidade do que se apresenta e com o poder de domínio que elas exercem sobre o ser humano, que não consigo mais me ver conivente a estas ocupações baratas, nem mesmo alienado desta grande e temível verdade.
Se analisarmos o Salmo de capítulo primeiro, versículo um, veremos que a Bíblia sabiamente nos orienta a não andarmos segundo o conselho dos ímpios, nem nos determos no caminho dos pecadores, nem ainda nos assentarmos na roda dos escarnecedores. Entretanto, quando nos assentamos a frente de uma televisão, buscando assistir programas como as novelas globais, será que não estamos contrariando os bons e precisos conselhos do salmista ? Será que não estamos sendo permissivos e coniventes com a propagação de princípios e valores que contradizem a nossa regra de fé e salvação, ainda que  de uma maneira dita moderna e tecnologicamente à distância ?

Quando muitos de nós estavam diante das articulações da pervertida Carminha (personagem de Adriana Esteves), do pacato e idiota Jorge Tufão (personagem de Murilo Benício) e da vingativa Nina ou Rita (personagem de Débora Falabella), o que puderam receber em troca ? Será que esta trilogia de atores, bem como muitos outros que fizeram parte desta grande encenação televisa, não cumpriram o papel de ímpios, de pecadores e de escarnecedores na vida de todos os que os assistiram ? Afinal, assentar-se na roda dos trocistas ou zombeteiros tem de ser somente fisicamente, ou nos tempos contemporâneos isto também é possível à distância ? Penso que sim, levando em consideração  o estonteante  crescimento das redes sociais virtuais.
Dizer que as novelas são boas, pois expressam e representam a leitura da sociedade em que vivemos e leva-nos a uma reflexão para uma vida melhor e mais justa, é no mínimo fazer-nos acreditar que Santa Claus virá no próximo Natal, dirigindo o seu luxuoso trenó de cervídeos da Escandinávia. É enfiar goela abaixo um argumento ilógico, afinal como pode um programa proporcionar o melhor para uma sociedade, destruindo cada dia os seus alicerces morais ?
E se avaliarmos os outros programas televisos, dentre eles, os humorísticos (Pânico, CQC, Zorra Total, Praça é Nossa...), será que eles não tem também contrariado a Palavra santa do nosso Deus ? Será que a sua grande maioria não afronta diretamente o santo e o sagrado ? Sei que sabemos que sim, mas precisamos ter consciência que sim. Saber é bem diferente de ter consciência.
Como muitos de nós poderão ser usados pelo poder de Deus, se seus corações estão cheios de palavras noveleiras (podres, sujas, incrédulas, imorais, viciadas...), se suas mentes estão entupidas de cenas de traição, morte, golpes, orgias, enganos, injustiças, rebeldias..., se os valores apresentados nestes dramas, quase sempre são destrutivos e contrários aos princípios cristãos descritos nas Santas Escrituras ?
Como a Igreja de Cristo quer cultuar a Deus em meio às infinitas e sobrenaturais manifestações do Seu Espírito, resgatando na sua originalidade impressa nos dias primitivos, a unção e o Seu poder miraculoso, se tem se deixado ser alimentada por estes danosos ensinamentos apresentados nestes meios de comunicação e entretenimento ?
Não quero aqui lançar jugo sobre ninguém, muito menos sobre mim mesmo, mas isto tudo me leva a esta reflexão.
Vamos passar o nosso tempo, sem deixar que as novelas nos passem para trás, fazendo-nos passar por tolos. Melhor é passarmos o tempo passando estas palavras adiante, quem  sabe, antes que tudo passe.
Salve Jorge, de Glória Perez, será a nova novela da Rede Globo, todavia, diante destas palavras, o que você vai fazer agora ?
Creio que seria mais inteligente e temente a Deus deixarmos o Jorge pra lá, antes que ele seja mais uma tempestade moral e por que não, espiritual em nossas vidas. Se não bastasse o Jorge Tufão, agora o vem o Jorge que matou o dragão. Salve-nos Jesus !!

Que Deus tenha misericórdia das nossas vidas !

Rev. Saulo Stratico Jardim – Igreja do Nazareno Jardim Elite – 22/10/12

Última atualização em Seg, 22 de Outubro de 2012 22:40
 
© 2011 Igreja do Nazareno Jardim Elite de Piracicaba-SP | Todos os direitos reservados
Desenvolvido por NetiCom Brasil - Agência Web